quinta-feira, 4 de agosto de 2016

"Pokémon Go" foram registrados os primeiros assaltos por causa do game.

"Pokémon Go" foi lançado nesta noite de quarta-feira (3) no Brasil e com isso foram registrados os primeiros assaltos por causa do game. O jogo de realidade aumentada combina o uso do celular e lugares reais: você tem que andar pela cidade com o celular para capturar pokémons e obter acessórios. Nos Estados Unidos, os suspeitos costumam usar o aplicativo do jogo para localizar as vítimas pelo mapa.
Um jogador publicou no Facebook que teve o celular roubado na noite de quarta-feira (3) enquanto tentava capturar pokémons na Avenida Paulista, região central de São Paulo. Ao G1, o publicitário Hilário Júnior, de 32 anos, disse que foi assaltado por volta das 22h por um ladrão que estava em uma bicicleta. “Apesar de você ver o bicho numa realidade aumentada dentro do contexto da cidade, você se distrai para capturá-lo porque precisa olhar para a tela do seu celular”, disse ele. 
Um estudante de 14 anos teve o celular roubado enquanto tentava capturar um pokémon no Centro de Vila Velha. Na quarta-feira, por volta das 20h30, ele se abaixou para tentar encontrar o pokémon e foi abordado por um criminoso armado. "O rapaz levantou a camisa e mostrou a arma. O colega do meu filho se assustou e correu, mas meu filho acabou tendo que entregar o celular, um iPhone", afirmou o pai do menino. 
Um estudante de direito de 22 anos afirma que teve o celular roubado na quarta-feira (3) enquanto jogava em Goiânia. "Eu estava lá com minha namorada e um amigo para a gente capturar pokemóns. Aí meu amigo foi pra outro ponto e eu fiquei lá com ela. Na hora que ele saiu o assaltante chegou. Levantou a camisa e pediu meu celular e o que eu tinha de dinheiro. Levou aproximadamente R$ 12 e o aparelho", contou.
Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/games/noticia

0 comentários:

Postar um comentário