sábado, 11 de março de 2017

Professores se preparam para uma grande greve em todo o Brasil.

 A  paralisação nacional foi  convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação. Em assembleia geral na tarde de quarta-feira (8), professores da rede estadual de ensino decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 15.  Na pauta nacional da greve, a luta contra a reforma da previdência, do ensino médio e trabalhista e pelo pagamento do piso nacional.

Em São Paulo, profissionais das redes municipal e estadual de ensino já fizeram um "aquecimento" para o dia 15 com uma manifestação na última quarta-feira (8), contra a reforma da previdência proposta pelo governo Temer.

Veja o que já foi decidido em assembleias de alguns estados:

No Rio grande do Sul a preocupação é, principalmente, a questão do salário. Os professores estaduais pedem o cumprimento da lei do piso salarial nacional, pagamento integral do 13º salário, correção do vale-refeição e investimento de 30% na área da educação.

Em Goias , além da rejeição à Reforma da Previdência, a pauta dos professores inclui também o pagamento do piso da categoria e o pagamento da data-base dos administrativos. Os servidores ainda reivindicam aumento salarial aos trabalhadores temporários que estão há três anos sem reajuste e regularização no atraso do pagamento do vale-transporte.


Na Paraíba, movimento é contra a reforma da previdência social, a retirada de direitos dos trabalhadores e também coloca em pauta a campanha salarial 2017/2018 dos servidores do Estado. Durante o mês ainda haverá duas reuniões para reavaliar a continuidade da greve.

No Paraná a luta é contra a punição a professore doentes, o desemprego de milhares de educadores PSS e a falta de funcionários nas escolas. Também é reivindicação, o reajuste da inflação (data-base), mais funcionários(as) nas escolas e manutenção dos direitos da categoria.

Os professores do DF pedem um reajuste de 18% no salário. Os professores também protestam contra a reforma da Previdência encaminhada pelo governo federal.

CALENDÁRIO DA GREVE

A paralisação do dia 15 já está decretada. De acordo com o calendário nacional, dia 25 de março haverá uma reunião do Comando Nacional e, no dia 27, uma "assembleia dos Estados para reavaliar os desdobramentos da greve".



26 comentários:

  1. precisamos ser reconhecidos e valorizados com salário digno e ter mais segurança dentro das escolas pois os professores não tem segurança nenhuma no ambiente de trabalho além de salários de fome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jamais conseguirão de braços dados com a CUT e PT.

      Excluir
    2. A greve é da categoria , não da cut ou do pt

      Excluir
    3. Se não nos unirmos, "petralhas e coxinhas", roubarão nosso futuro e de nossas crianças. Vamos somar, ao invés de dividir?

      Excluir
  2. Concordo plenamente, é necessário que haja mais reconhecimento, um salário digno e acima de tudo respeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o respeito com alunos de educação infantil e com os pais que precisam trabalhar nao precisa?????? Nao va me falar que nao tem segurança numa escola que a idade maxima dos alunos eh de 6anos. E quem paga a conta? Vcs lutam pelos seus direitos tirando o meu.... eh o fim do mundo msm

      Excluir
    2. Desde que muitos pais e parentes dessas crianças, nos ameaçam e inclusive agridem (aconteceu na escola em que trabalho), por situações criadas pelo governo, nos deixando na linha de frente... Só quem vive dentro de uma escola, seja qual for o nível sabe dessa realidade caótica em que os trabalhadores da educação vivem... Lembrando ainda que esses pais são trabalhadores e deviam se unir na luta contra tanta injustiça de governo com a classe trabalhadora.

      Excluir
    3. Completando sua resposta ao comentário anterior. "0 homem busca seu próprio bem à custa do mundo inteiro. "(Robert Browning) Fim do mundo é isso, estaremos em greve lutando exatamente para que vc e seu filho tenha direito à aposentar-se e a uma educação de qualidade. Pelo amor de Deus, não somos um lugar onde vc deposita seus filhos pra ir ganhar dinheiro despreocupada. Seu direito termina onde começa o do outro. 😉

      Excluir
    4. Perfeito! Excelente resposta para quem só vê o seu umbigo. Parabéns e vamos a luta. Estou com vcs mesmo não sendo professor.

      Excluir
  3. ATÉ QUANDO OS PROFESSORES VÃO FICAR DE MÃOS ABANANDO ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto forem filiados a CUT e defenderem o PT e suas ideologias que incluem o emburrecer dá nação.

      Excluir
  4. Eu realmente não sei qual é desse governo federal que aí está: um governo tampão, provisório, que de uma hora pra outra pode cair e fica inventando tantas mudanças nas legislações previdenciárias, trabalhistas etc...etc....Isto são assuntos muito polêmicos que não deve ser tratado a toque de caixa e ainda mais por um governo transitório

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sabia que o seu sindicato recebe propinas do governo via CUT para participar e fomentar greves?
      Enquanto isso vocês choram...

      Excluir
    2. vc tem provas? quais as suas fontes sabichão?

      Excluir
  5. Não só os professores,mas todos os trabalhadores deveriam lutar contra esse governo que está propondo uma barbárie de tamanha dimensão.

    ResponderExcluir
  6. Apoio a greve dos professores,pois esse governador só quer ferrar com a educação. E os professores desempregados tem família para sustentar?.não desistam de lutar, meu marido é professor e todo ano a gente vê greve, professores sendo agredidos, cinco salários atrasados etc.. por esse governo lixo...esperamos que alunos e pais, compreendam que a greve é necessária...se nossos professores não se unir para ter o mínimo de dignidade não vão conseguir nada...professores Unidos estou com vocês sempre.

    ResponderExcluir
  7. Os Professoares vão adquirir o respeito e a consideração de Pais e alunos, não dando aula. O movimento é uma contrapartida ao movimento de volta as ruas. Porqe os professores não aderem a ele?????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As greves não são dos professores mas do sindicato sob o comando e financiado pela CUT contra quaisquer governos que não sejam dominados pelo PT.
      O caos dá educação é consequência da ideologia e estratégia do PT pelo poder perpetuado.

      Excluir
    2. Pt.....bla bla bla.....jeitinho de quem bateu panela no "Fora Dilma"e agora vai se ferrar . Se tem CUT, PT ou seja la o quê. Para de mimimi e vem vc tb. Vem lutar pela sua causa......

      Excluir
    3. Não aderem ao movimento de 26/03 porque esse é de apoio à Lava Jato- e esta segue firme a rota que pode levar Luiz da Silva à cadeia. Luiz da Silva, o ídolo e mentor desses sindicatos de professores, petistas, imbecilizados.

      Excluir
  8. Será que vão chamar eventuais?

    ResponderExcluir
  9. O MOVIMENTO SOCIAL, NEGRO E CULTURAL PRECISAM IR AS RUAS REAFIRMANDO A JUSTA PAUTA DA CATEGORIA COM A INTRODUÇÃO DE REVOLUÇÃO NA EDUCAÇÃO COM QUALIDADE, REFORMAS CURRICULARES, TEMPO INTEGRAL, ENTRE OUTRAS: PROFUNDA REFORMA POLÍTICA E ELEITORAL COMO TAMBÉM COMBATE INCESSANTE A CORRUPÇÃO!

    ResponderExcluir
  10. Já vi que tem muita gente ignorante aqui.O que todos devíamos fazer é apoiar os professores e seguir o exemplo deles.Parar a nação e deixar esses bandidos sem saída.O problema é que somos todos covardes.Desse jeito vamos acabar como Cuba,Coréia do Norte,Venezuela.Povinho burro e covarde que não busca seus direitos acaba dominado.Lula,Dilma,Temer,Maduro,etc,são todos do mesmo time.Que venha a intervenção militar ou sucumbiremos.

    ResponderExcluir
  11. Já vi que tem muita gente ignorante aqui.O que todos devíamos fazer é apoiar os professores e seguir o exemplo deles.Parar a nação e deixar esses bandidos sem saída.O problema é que somos todos covardes.Desse jeito vamos acabar como Cuba,Coréia do Norte,Venezuela.Povinho burro e covarde que não busca seus direitos acaba dominado.Lula,Dilma,Temer,Maduro,etc,são todos do mesmo time.Que venha a intervenção militar ou sucumbiremos.

    ResponderExcluir
  12. Já vi que tem muita gente ignorante aqui.O que todos devíamos fazer é apoiar os professores e seguir o exemplo deles.Parar a nação e deixar esses bandidos sem saída.O problema é que somos todos covardes.Desse jeito vamos acabar como Cuba,Coréia do Norte,Venezuela.Povinho burro e covarde que não busca seus direitos acaba dominado.Lula,Dilma,Temer,Maduro,etc,são todos do mesmo time.Que venha a intervenção militar ou sucumbiremos.

    ResponderExcluir
  13. Eu sou da Europa gostaria de viver e trabalhar no Brasil

    ResponderExcluir