domingo, 9 de abril de 2017

Justiça condena Estado a pagar R$ 10 mil de indenização a professora agredida por aluna

A Justiça de Tanabi (SP) condenou o Estado de São Paulo a pagar R$ 10 mil a uma professora que apanhou de uma aluna dentro de uma escola. O caso aconteceu em 2016 e a decisão saiu no dia 30 de março, mas o Estado foi notificado semana passada.

Câmeras de segurança da Escola Estadual Padre Fidélis registraram o momento em que a professora saiu da sala de aula e a aluna, uma adolescente de 15 anos, partiu para cima com tapas e puxões de cabelo (veja vídeo acima). O motivo da briga foi porque a professora chamou a atenção da aluna que estava conversando em sala de aula, a aluna não gostou e partiu para cima da professora. Outros alunos e professores apareceram na hora e conseguiram conter a adolescente. A decisão é de primeira instância, ainda cabe recurso.

Em nota, a Secretaria de Educação disse que o Estado de São Paulo foi intimado da sentença nesta terça-feira. A nota diz ainda que a Procuradoria Geral do Estado avalia se será o caso, ou não, de seguir recorrendo.
Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo

0 comentários:

Postar um comentário