sábado, 24 de setembro de 2016

Indiano leciona em baixo de viaduto para crianças pobres sem acesso a escola


O indiano que criou uma escola informal embaixo da ponte para ensinar crianças pobres que não conseguem ir à escolaRajesh Kumar Sharma criou uma escola informal embaixo da ponte para ensinar crianças pobres. A sala de aula é achatada de terra e rochas sob os trilhos elevados. Seus quadros são retângulos pintados em uma parede de concreto lascado. Seu professor trabalha em uma loja com nenhum treinamento formal, mas a convicção de que a educação é a única esperança o motiva todos os dias a ajudar essas crianças a ter um futuro. 
  
    Para algumas dessas dezenas de filhos de trabalhadores migrantes pobres da capital da Índia, esta improvisada escola ao ar livre sob um viaduto de transporte de massa é a única escola que eles têm acesso. Outros que frequentam escolas públicas superlotadas e sem qualidade de ensino vêm aqui também - para realmente aprender. 

Para os pobres da Índia, uma escola debaixo de uma ponte ferroviária Na Índia o estado tem como lei a livre escolaridade, e a lei ainda obriga todas as crianças com idades entre 6 a 14 anos a frequentar uma escola, mas ainda milhões de crianças estão sem estudar por todo o país, e muitos que tem a oportunidade de estudar, estão recebendo apenas uma educação muito básica

Assim, cada manhã, mais de 50 crianças se reúnem sob a ponte por duas horas de aulas na escola informal de Rajesh Kumar. Eles varrem a sujeira e usam esteiras de espuma para sentar, a apenas metros (metros) a partir dos arbustos foram e isso ainda a poucos metros de um local usado como "banheiro" improvisado, ou seja, um mal cheiro insuportável. Mas isso não impede esse homem de continuar esse belo trabalho de dar a crianças pobres a oportunidade única de estudar.
Fonte: http://www.ndtv.com/india-news


0 comentários:

Postar um comentário