Organização contrata coordenador pedagógico

Vingadores se reúnem para conter uma ameaça bastante real: Donald Trump


Não é só no Brasil que as questões políticas estão atraindo atenção em diversos níveis da sociedade. Nos Estados Unidos, a disputa presidencial entre Hillary Clinton e Donald Trump mobiliza gente de todos os setores. 
A preocupação com uma eventual vitória do candidato republicano na eleição de novembro é tamanha que até o elenco de Os Vingadores foi chamado para entrar em ação.
Em vídeo publicado esta semana, Robert Downey Jr (Homem de Ferro), Mark Ruffalo(Hulk) e Scarlett Johansson (Hulk) estão entre as muitas celebridades que discursam forte sobre a importância de votar, e alertam para o perigo de se eleger “um covarde racista e abusivo que poderia destruir de forma permanente as bases da nossa sociedade”.
Trump tem se destacado, entre outras coisas, pela proposta de dificultar a entrada de hispânicos e islâmicos no país.
Outros membros da franquia Vingadores também estão na ação, como Don Cheadle, Cobie Smulders e Clark Gregg, além do diretor Joss Whedon. A ganhadora do Oscar Julianne Moore, Martin Sheen e James Franco são outros famosos que aparecem.
“Esta não é apenas uma eleição, é um ponto de inflexão”, diz Gregg num dos trechos. Vale lembrar que nos EUA o voto não é obrigatório, por isso o objetivo é fazer com que mais gente saia de casa e vá às urnas.
Em tom de brincadeira, o elenco promete que, caso consigam conter a ameaça, Mark Ruffalo aparecerá nu em seu próximo filme.
Veja abaixo o vídeo na íntegra (em inglês):

  •  Fonte: br.vida-estilo.yahoo.com

Comentários