Quantos acha que consegue ver?

Tomar banho a cada três dias é o ideal, dizem professores

Segundo o professor Stephen Shumack, o banho diário “tornou-se comum pela pressão da sociedade e não por ser uma necessidade real”


Tomar banho todos os dias pode não ser o ideal, pelo menos é o que afirmam dois professores. Uma pesquisa do ano passado, revelou que quatro entre cinco mulheres do Reino Unido não se lavam todos os dias, enquanto um terço afirmou que poderia ficar até três dias sem entrar debaixo do chuveiro. As informações são do site The Independent .
Outro estudo, conduzido por pesquisadores das universidades de Manchester, Edimburgo, Lancaster e Southampton, mostrou que três quartos dos entrevistados ficavam, ao menos, um dia por semana sem tomar uma ducha.
E, para o professor Stephen Sghumack, presidente da Australian College of Dematologists, só se deve entrar na água quando acharmos que é necessário. “Nos últimos cinquenta ou sessenta anos, a ideia do banho diário tornou-se comum pela pressão da sociedade e não por ser uma necessidade real.  Este pensamento ficou popular pela pressão social por um bom cheiro. Mas são apenas as glândulas das axilas e virilhas que produzem o odor corporal, não o corpo todo”, afirmou. Ele também alertou que o hábito de se lavar com água quente todos os dias pode fazer mal à saúde, pois “elimina os óleos naturais que produzimos para proteger as células da pele. Isso pode causar danos reais, tornando-nos mais permeáveis a bactérias ou vírus, além de causar coceira, ressecamento, descamação e a piora de condições como eczema”. O professor de virologia da Escola de Medicina e Odontologia Queen Mary, John Oxford, concorda com Shumack. “Enquanto as pessoas lavarem as mãos com frequência suficiente e prestar atenção nas áreas do corpo abaixo da cintura, então, um banho a cada dois dias ou três não fará mal algum”, falou.



Comentários