Professor é morto por aluno dentro de escola.

Foto: Facebook / Reprodução

Um coordenador de ensino do colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás, morreu após ser esfaqueado por um aluno de 19 anos, que cursa o 9º ano do ensino fundamental.


O crime ocorreu por volta de 12h30, na saída do colégio. Bruno Pires foi levado para o Hospital Bom Jesus, em Águas Lindas, e transferido para o Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal. 

Porém, ao chegar na unidade, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os professores não sabem o que pode ter motivado a agressão. Segundo a Polícia Civil, a faca utilizada no crime foi deixada no pátio do colégio e já foi apreendida. 

O estudante está foragido. Bruno Pires de Oliveira tinha 41 anos de idade. O principal suspeito do crime é o estudante Anderson da Silva Leite Monteiro, de 19 anos. 

Por meio de nota, a pasta informou que Bruno atuava como coordenador de turno na unidade e havia avisado o estudante de que ele não poderia mais participar do projeto "Mais Educação". Um laudo médico recomendava esse afastamento, explicando que o aluno "apresentava problemas cardíacos e seria arriscado continuar com a prática de atividades físicas que integram o 'Mais Educação'".

Segundo informações dos alunos, o estudante não teria gostado de ter sido retirado de um grupo do colégio que fazia atividades extraclasses, por ter tirado notas baixas.

Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2019/08/30/professor-e-morto-a-facada-aluno-e-considerado-principal-suspeito.htm

Comentários