domingo, 20 de novembro de 2016

Reforma da Previdência vai afetar em cheio todos os professores que têm menos de 45 anos

Idade mínima de docentes será 60 anos
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, informou ao “Jornal Nacional”, que no caso dos professores, a reforma vai afetar em cheio todos os que têm menos de 45 anos.
Os professores continuarão a ter vantagens sobre os demais trabalhadores com carteira assinada na hora de se aposentar pelo INSS. A proposta de Reforma da Previdência a ser levada ao Congresso, cujo texto já estaria quase pronto, segundo o presidente Michel Temer, fixa a idade mínima para que os docentes se aposentem com 60 anos. Para os demais profissionais, a idade deve ser fixada em 65 anos.
No caso dos professores, a reforma vai afetar quem têm menos de 45 anos. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, chegou a afirmar que estes terão que se adaptar totalmente às mudanças propostas, sendo obrigados a trabalhar até os 60 anos. Quem tiver mais de 45, na data da promulgação da reforma, será favorecido por regra de transição, com menos exigência (idade mínima menor, escalonada ano a ano). A ideia é não prejudicar os mais velhos, que estão há mais tempo na ativa.
Para os demais , o limite para a regra de transição será maior: 50 anos. Quem tiver menos tempo será integralmente afetado e terá que trabalhar até os 65 anos.


25 comentários:

  1. Não entendo como teremos no futuro próximo, jovens que desejem seguir a carreira de professor e professora do ensino fundamental (do 1º ao 9º ano). A cada ano que passa, a carreira é menos atrativa: salário ruim; salas de aula cada vez mais lotadas; escolas sem estrutura física adequada; falta de profissionais (porteiros, psicologas, professores auxiliar etc), agora, mais tempo de serviço... Para um jovem que vai enfrentar a faculdade... qual o atrativo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum!Alem dos bravos e corajosos sobreviventes deste sistema que apesar de tudo ainda procuram fazer o melhor que podem, continuara abastecendo o sistema um nivel despreparadissimo de docentes que nada mais querem que estabilidade...

      Excluir
  2. É verdade Lourdes Maria, não vejo um futuro promissor pra educação muito menos para os profissionais de educação... muito triste essa realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisará mais ser professor para dar aulas, é a nova reforma

      Excluir
    2. Um país para crescer precisa colocar a Educação em primeiro lugar.Nossa realidade é mesmo muito triste.

      Excluir
  3. Professor estará em extinção. Somente EAD, na máquina. Avaliação e tudo mais

    ResponderExcluir
  4. Tenho 43 anos e estou prestes a completar 24 anos de contribuição previdenciária no exercício do magistério.Quer dizer que iniciei cedo a carreira e as vésperas de completar minha contribuição, vem um governo golpista, ilegítimo, mudar as regras da aposentadoria especial, em nome de "cobrir o rombo" da previdência que eu e milhares/milhões de trabalhadores jamais cometemos! Indignante as regras para trabalhar a dores nesse País! De que adianta a pessoa entrar cedo no mercado de trabalho, se o direito lhe é tomado de assalto por um bando de corruptos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente! Não roubamos nada, mas pagamos a conta

      Excluir
    2. Concordo plenamente tb. Tenho 44 anos e 26 de contribuição. E agora? Aceitaremos calados como ovelhas td isso?

      Excluir
    3. Concordo plenamente tb. Tenho 44 anos e 26 de contribuição. E agora? Aceitaremos calados como ovelhas td isso?

      Excluir
  5. E quanto à aposentadoria dos políticos?? Algum projeto??? Bando de golpistas!! DESGOVERNO ILEGÍTIMO culpando trabalhadores por todo o tipo de corrupção que afetou os cofres públicos!!!

    ResponderExcluir
  6. Maria Almira da Silva Marques.
    Sou professora há 19 anos. Trabalhei antes na área da saúde 8 anos. Tenho 56 anos,pelas minhas contas ainda vou ter q trabalhar de 4a5 anos. Gente é um absurdo não considerar q dar plantões noturnos é tão estressante quanto enfrentar a sala de aula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI! Você tem de ter o PPP para ter direito a insalubridade.O perfil profissiográfico profissional.

      Excluir
  7. Não deveria afetar a classe de forma alguma. Tendo em vista a realidade da educação que temos hoje. Clientela difícil, desrespeitosa, escola sem autonomia etc. Mas já que querem afetar, deveria começar por quem ainda pretende entrar na área, Pois estes teriam a oportunidade de analisar se é isto mesmo que querem pra vida deles. Mas quem entrou nesta profissão, entrou acreditando que teria que trabalhar 25 anos e fizeram planos em cima disto. É como se estivéssemos todos sido enganados.
    Outra questão é... diante da nossa realidade e dá rotina de violência, compromisso, responsabilidade, desvalorização, falta de tempo para alimentar- se e cuidar da saúde, os dramas, temores e ameaças constantes que os professores vem sofrendo, as doenças que afetam psicologicamente e fisicamente a classe, será cada dia mais constante e sem tempo e sem dinheiro pra se cuidar e com as cobranças cada dia mais intensas, o que vai acontecer?.... os professores vão morrer antes de se aposentar.
    Eu pergunto: É justo?
    Ninguém tem mais clientes pra atender ao mesmo tempo, como o professor, ninguém é mais importante pra formação de um país que um professor. O sistema e o governo não reconhece Isto.
    Isto é lamentável!

    ResponderExcluir
  8. Não deveria afetar a classe de forma alguma. Tendo em vista a realidade da educação que temos hoje. Clientela difícil, desrespeitosa, escola sem autonomia etc. Mas já que querem afetar, deveria começar por quem ainda pretende entrar na área, Pois estes teriam a oportunidade de analisar se é isto mesmo que querem pra vida deles. Mas quem entrou nesta profissão, entrou acreditando que teria que trabalhar 25 anos e fizeram planos em cima disto. É como se estivéssemos todos sido enganados.
    Outra questão é... diante da nossa realidade e dá rotina de violência, compromisso, responsabilidade, desvalorização, falta de tempo para alimentar- se e cuidar da saúde, os dramas, temores e ameaças constantes que os professores vem sofrendo, as doenças que afetam psicologicamente e fisicamente a classe, será cada dia mais constante e sem tempo e sem dinheiro pra se cuidar e com as cobranças cada dia mais intensas, o que vai acontecer?.... os professores vão morrer antes de se aposentar.
    Eu pergunto: É justo?
    Ninguém tem mais clientes pra atender ao mesmo tempo, como o professor, ninguém é mais importante pra formação de um país que um professor. O sistema e o governo não reconhece Isto.
    Isto é lamentável!

    ResponderExcluir
  9. Governo Golpista e sem recurso pra conseguir roubar mais , vergonha.... eu terminei minha faculdade agora em junto e ja estou muito decepcionada com a profissão.... descaso total

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu conclui em 2014 e ate agora me faltou coragem para enfrentar...estou estagnada!

      Excluir
    2. Olá amiga luci, sou professor de Geografia em escola do estado e lendo aqui alguns depoimentos eu vi que falam mto de licenciatura e tal.... Complicado mesmo dar aulas, tem que ter perfil,,!! E no misturar as coisas, se for dar aulas pensando em salário e tal ( esqueça) não ganha dinheiro a não ser que tenha bagagem 💼 e mto estudo aí sim... De resto é sofrer e torcer para um futuro melhor na educação.. Abraços Luciano

      Excluir
  10. Não entendi qual a vantagem dos docentes em relação a quem é CLT. Será a diferença de 5 anos entre que os 45 e os de 50 anos?

    ResponderExcluir
  11. Por isso a reforma do ensino médio veio antes,onde foi diminuída a base nacional comum de 2400 h nos três anos para 1200, quem eles acham que irão trabalhar, são os de notório saber. Até acho que o desemprego vai continuar para que as pessoas tenham que ir pra uma sala de aula enfrentar o que nós já conhecemos não tendo outra opção de vida. Eu pensava que a educação brasileira não tenha como piorar, estava enganada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor= profissional extinto no futuro

      Excluir
  12. Concordo com ser injusto. Quanto a governo golpista, que na minha opinião não é golpista, afinal de contas quando o PT estava na oposição o impeachment de Fernando Color não foi golpe, e agora que as coisas são diferente o impeachment e golpe?
    O desgoverno do PT desviou quase 500 milhões e infelizmente tem gente que ainda protege um partido cheio de criminosos em suas fileiras

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Que injustiça que esse governo golpista está tentando fazer com os professores.

    ResponderExcluir
  15. É uma injustiça o que esse governo golpista está tentando fazer com os professores.

    ResponderExcluir