Organização contrata coordenador pedagógico

Concurso SEDF 2016: Governo não cumpre promessa, Veja os motivos.

Governo do DF (GDF) não cumpre promessa e futuros professores, analistas, técnicos e monitores da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) deverão aguardar mais um pouco o edital do concurso SEDF 2016.
A promessa da publicação do edital foi anunciada pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, no dia 04/07/2016 em uma coletiva de imprensa no Salão Nobre do Palácio do Buriti.
Veja alguns motivos para o edital do concurso SEDF 2016 não ser publicado no dia 12/08:

Alguns órgãos do governo do Distrito Federal que atuam nas imediações do estádio Mané Garrincha terão horário de funcionamento alterado durante a Olimpíada. Hoje (12/08/2016) não haverá expediente nos prédios administrativos ao lado do Mané. O “complexo” inclui o Palácio do Buriti, a Procuradoria-Geral do DF e as sedes da Codeplan e da Terracap. No Buriti, além dos despachos do governador, funcionam Assessoria Internacional, Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral, Secretaria de Mobilidade, Secretaria de Planejamento, Secretaria do Trabalho e Vice-governadoria. Fonte: g1.globo.com

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF), o edital do concurso SEDF 2016 será divulgado após a aprovação do projeto básico do certame, que foi encaminhado para avaliação da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal (SEPLAG-DF) e da Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF). De acordo com a  Secretaria de Educação do DF, assim que a notificação sobre a autorização do projeto sair, será possível ter uma data para a divulgação do edital. Fonte: folhadirigida.com.br
Educação no DF

Pela demora na publicação do edital é provável que o ano letivo de 2017 esteja comprometido, segundo dados da Secretaria de Educação do DF (SEDF), 1.609 docentes da rede pública estarão aptos a se aposentar até o fim de 2016. Ainda de acordo da pasta, o DF tem 29 mil professores efetivos e apresenta déficit de 5,7 mil profissionais.
Fonte: www.diariooficialdf.com.br


Comentários